-A A +A
Campus de Goiabeiras - Vitória

Mostra de Cinema Tcheco

A Secretaria de Cultura da Ufes, por meio do Cine Metópolis, apresenta entre os dias 25 e 27 de novembro, em parceria com a Embaixada da República Tcheca em Brasília, a 3ª Mostra de Cinema Tcheco. A entrada é franca. 

 

A República Tcheca passou por períodos dos mais delicados em sua história. Apesar disso, ou por causa disso, conseguiu estabelecer uma grande tradição cinematográfica, revelando nomes como Milos Forman, Jan Svankmajer, Jírí Menzel e Vera Chytilová. 

Após serem reconhecidos como “Hollywood Europeu”, os estúdios de Barrandov, na capital Praga, produziram diversos filmes que se destacaram em festivais e premiações internacionais, inclusive com os Oscars recebidos pelos diretores Jiři Menzel e Jan Svěrák. 

Ao realizar esta mostra, o Cine Metrópolis ressalta a importância de promover a diversidade e o intercâmbio entre diferentes culturas, aproxima o público de grandes mestres do cinema tcheco e reforça o seu compromisso com a democratização do acesso à cultura.

PROGRAMAÇÃO

>> Sexta-feira (25/11)

Abertura da mostra: 19h30 

Filme: 20h

Eu Servi o Rei da Inglaterra (Obsluhoval jsem anglického krále), de Jiří Menzel
(Rep. Tcheca, 2006, cor, 120'). Comédia.

Da infância simples até o posto de garçom num restaurante de luxo, Jan Dite foi sempre motivado pela vontade patológica de se tornar um milionário. No final da Segunda Guerra, atinge por um instante o objetivo, sendo logo preso pelo novo regime. Uma adaptação do romance de Bohumil Hraba realizada pelo consagrado cineasta Jiří Menzel.

Classificação Indicativa: 12 anos
 

>>Sábado (26/11), às 19h30

O Baile dos Bombeiros (Hoří, má panenko!), de Milos Forman
(Tchecoslováquia/Itália, 1967, cor, 71')
Com Jan Vostrcil e Josef Sebánek

O primeiro filme a cores de Miloš Forman. Uma comédia deslumbrante que através da crônica de um baile dos bombeiros, onde nada dá certo - desde um concurso de beleza até um sorteio
do qual os prêmios ridículos são roubados - apresenta uma sátira política provocante. Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Classificação Indicativa: 12 anos

>>Domingo (27/11), às 19h30

A Rosa de Kawasaki (Kawasakiho Růže), de Jan Hřebejk

(Rep. Tcheca, 2009, cor, 95'). Drama

Um antigo membro da oposição ao regime comunista participou com a polícia secreta na desacreditação do seu amigo que acabou por ser obrigado a emigrar. Esta revelação desencadeia um drama familiar. História emotiva sobre a culpa, a penitência, a falsidade da memória e a necessidade de perdoar.

Classificação Indicativa: Livre

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910